sábado, agosto 16, 2008

Suspeitas Poéticas


Suspeito que mais de 60% de espécies animais, incluindo a vida marinha, será extinta...
Suspeito que, de fato, o ser humano olhará o dinheiro, refletindo verdadeiramente, e chegando à conclusão que não é possível comê-lo...
Suspeito que a Amazônia será disputada numa guerra de amplitude mundial...
Suspeito que, em meio à guerra, mais 70% da Amazônia será destruída...
Suspeito que mais de 55% da humanidade deverá respirar com máscaras-filtro...
Suspeito que, antes de a (falta de) água virar um problema sem solução, o ser humano colonizará outro Planeta...
Suspeito que as grandes avenidas virarão desertos de concreto empoeirado...
Suspeito que, realmente, a Humanidade será reduzida a 0,37% de quase-nada...
Suspeito que prédios em ruína virarão abrigo provisório, pois o nomadismo retornará...
Mas suspeito, acima de tudo, que alguns do futuro encontrarão, em meio à poeira, uma rosa e um poema...
E lembrarão que um dia tiveram a chave para o equilíbrio da vida no mundo e a jogaram aos porcos, como uma pérola lançada em meio a um lamaçal...

Um comentário:

Gênesson Honorato disse...

Suspeito que todos nós somos suspeitos[...]

Mas enquanto isso não vem me considero um "Chups Peitos".rsrsr
té mais...