sexta-feira, novembro 06, 2009

Sempre Assim...

Foto feita por mim no quintal de casa...


Todos os dias a vida vem e vai...
O céu azul passa...
O sol nasce e morre...
A chuva cai ou finge querer cair...
Molhar e ceder...
Colher...
Plantar...

Todos as noites sonho assim...
Que o dia vem para mim...
Que um dia teu cheiro-jasmin...
Visitar-me-ia em plenitude de cor...

A flor que colhi era você...
O sol que há em mim diz: "Pode ser"
Grito o mais alto...
O som dissolve-se no vento...
Que arrasta...

As folhas espalham-se...
O grito deságua, assim.
Escorre, feito chocolate em mãos de criança...
Derrete o desejo insondável...
Tudo é "não", aqui...
Tudo é sobra...
Sombra de passados...
Pêssegos salgados...

É não sentir...
Não ter...
Não ser...
Não imaginar...
Não ver...
Não ouvir...

Sobra tudo...
Pois sempre que se nega...
Se afirma o oposto...
Mesmo que a contragosto...
Mesmo que à vista cega...

"Vai", diz o sol...
"Segue", diz a vida...
"Adia e evita o mal"
"Respira!"

Sei que disto me lembrei...
Tanto que aqui escrevi...
Descrevo, sem ao menos pensar...
Só o senso de dever em expressar...
O que dela tomei...

Vai a flor...
Vem reminiscências...
Imagens ensanguentadas...
De rostos, corpos e toques...
De suor e ranhuras sobre a pele...
De te ter...

Vem a lembrança...
Do que poderia um dia ser...
De que perderia, sem ter ou ver...
De que voltaria a onde nunca tivera antes.
Implodiria, num lapso de tempo...

Qual supernova que apareceu aqui...
Tal Universo que inverto e invento...
Que atinjo e sustento...
Com palavras e intentos...
Desejos e indesejos...
Está tudo aí...
Eu... você.

2 comentários:

Clarinhaaa disse...

Oiii..
Jão, que recado gostoso de se ler a comentar..
bomm.. mas vim aqui, sem querer... e adorei..
confesso que não li tudo, mas vou voltar ta?

no fds provavelmente!!!
mas ja adianto que gostei muito.
Alias, vi que é a Bahia, e geralmente os blogs dessa região me agrada muito, mesmo sendo do interiro de SP...rs

beijinhos

Poetar disse...

Me identifiquei extremamente...
adorei.
=]