quarta-feira, janeiro 13, 2010

Nas Palavras



E eu é que sei o quanto tua voz é importante para mim...

O quanto tuas lágrimas me ferem...

O quanto de amor existe, enfim...


Eu é que sei o valor de tuas palavras...

De teu empenho e carinho extremos...

De teu amor expresso no olhar...

Sou eu, quem sente a inspiração crescente...

O calor mesmo à distância...

O desejo de te ver, ter e ser com você...

É de mim que tiro a força que nasce todos os dias...

É para ti que direciono minha energia...

Sou adepto do agora e o que sinto me guia.


Saibas que se estou aqui a escrever

É por que sinto que estou com você...

Sinto que ainda há muito a dizer...

Muito a viver...

Muito a tocar, olhar, desejar e ser...

Se na imagem e no reflexo te encontras,

É nas palavras que estou...

Entende?


Na imagem e sombras das letras

Escondi-me durante muito tempo...

Faço esforço e luta, intensos...

Só para a ti me expressar...

Para em ti me encontrar...

Não é nada tão difícil...

Estou seguro em três palavras...

E você as conhece.

Dizemos todos os dias...

Em meio a reveses, anseios e melodias..


3 comentários:

JUSTICEIRA disse...

Oi! estou perdida neste mar de palavras estonteantes! adorei a forma com escreves, e tua forma de encarar a vida, nota 1000!... vou continuar a seguir teu blog.
bjo
justiceira

Leveza de ser. disse...

Palavras incongruentes fazendo todo sentido! Isto que nós merecemos pelo castigo gramatical da tão complicada expressão do pensamento.
Meta-se, remeta-se. É o meu psicólogo predileto!

Maria Luisa Moraes disse...

Nossa... fiquei fã da forma como você se expressa.. já estou te seguindo, é impossível entrar aqui e não querer permanecer.. um abraço!