quinta-feira, outubro 15, 2009

Coisa



Aqui estamos...
Sujos, insanos...
Aqui somos...
Estranhos, sonhos...

De lá que venha...
De cá, aqui está...
Estebelecido...
Posto...

Sujos...
Sonhos...
Quase insossos...
Insípidos...
Água...

Sem gosto...
Sem querer...
Vem de cá...
Segue...

Aqui sonhos...
Pesadelos risonhos...
Aqui estranhos...
Moradores da ilusão...

Caminha-se ao nada...
Morre-se todos os dias...
Encanta-se do canto sem voz...
Sem vez...

O daqui que é de lá...
O aqui que lá está...
Maltrapilho...
Sujo e insano...
Coisa.

Pedinte de todos os dias...
De todo santo dia...
Que olha como o abismo do nada...
A coisa que intenta se expressar...
Palavreia roucos sentimentos...
Impotênci(aliza)...

Somos sujos e insanos...
Fede-se todos os dias...
Pede-se e perde-se...
Anulamo-nos...
Que a coisa de lá reflete a de cá...

Olha para o chão...
Para olhar para si...
Nega o pão, nega a vida...
Não a que se rega de massa...
Mas a que se faz inaudita...

Não é da massa que falo...
Mas da massa do povão...
Negam-se o pão da liberdade...
A liberdade do coração...
Não se trata de pão...

Trata-se da mão...
Das mãos também sujas e imundas...
Do caos que aqui se instaura...
Quando a coisa mostra que também o sou...

Coisa que intenta dialogar com coisa...
Indizível, intraduzível, intragável verdade...
A coisa de lá é espelho fugaz...
Pois foge-se da dor...
Foge-se de si...

E nada temos...
Pois sujos e insanos...
Aqui estamos...
Sonhos estranhos...
Pesadelo da verdade de todos os dias...
Todos os dias...

Mas liga-se a TV...
Assiste-se ao jornal...
A novela...
O engodo colossal...

A cegueira do que à frente está...
Da coisa lá de fora...
Da coisa imunda sentada no sofá...
Do perdido...
Do pedido de socorro...
De quem crê-se a si mesmo...
Como se fosse um Jeová¹...


_______
1 - Jeová é termo que na tradição cristã pode ser traduzido como um dos nomes do deus judaico-cristão.

2 comentários: